O Que é Cookie Stuffing? 10 Dicas Infalíveis Para Não Ser Roubado!

cookie stuffing

cookie stuffing

A técnica de cookie stuffing tem ganhado cada vez mais adeptos do marketing de afiliados, contudo é antiética por roubar comissões de outros afiliados.

De acordo com uma pesquisa da ANA (Association of National Advertisers), os anunciantes do mundo perderão cerca de 7,2 bilhões de dólares causados por fraude neste ano e o cookie stuffing está incluso nesse ‘almanaque’ dos fraudulentos.

Para quem não está familiarizado com o assunto, vou esclarecer tudo sobre essa técnica e ensinar os profissionais a se protegerem dos mal intencionados, confira a seguir:

O que é cookie?

Este é o primeiro termo que vamos esclarecer para definir o que é cookie stuffing.

Os cookies são arquivos de texto bem comuns na internet.

São considerados a ‘espinha dorsal’ do trabalho de marketing de afiliados.

Esta tecnologia funciona como o endereço de qualquer transação feita pela internet.

São nestes pequenos textos que ficam gravadas as informações do afiliado responsável pela divulgação de determinada venda ou situação que retorne como comissão para o profissional.

Ou seja, sem os cookies fica impossível saber quem realizou a venda e, portanto, creditar a comissão.

+ Veja também 7 Formas Simples De Gerar Renda Com Links Patrocinados.

O que é cookie stuffing?

O cookie stuffing pega carona nessa tecnologia e é um cookie normal.

Um texto que fica junto ao link usado pelos afiliados, no entanto, funciona como uma espécie de vírus que infecta o computador do cliente em potencial.

A partir daí, toda a compra feita em sites que sejam promovidos por afiliados vai especificamente para o afiliado que infectou o computador e que fica gravado no cookie com intenções duvidosas.

Como funciona um cookie stuffing?

É importante salientar que o cookie criado para direcionar para um site de venda não é sobreposto pelo link criado para venda por um afiliado. 

Para ficar mais claro, isso quer dizer que se um cookie é marcado no navegador (seja ele qual for) de um cliente por um link de um afiliado mal intencionado e logo em seguida este cliente em potencial clica em um link de um site de venda, o cookie do afiliado ainda estará ativo.

Resumindo, o dono do cookie ainda irá ganhar comissão sobre a venda.

E isso mesmo que não tenha partido de um direcionador do afiliado e isso é denominado cookie stuffing.

Método denominado por “roubar cookies” de afiliados!

No entanto, um cookie de outro afiliado é capaz de sobrepor o cookie stuffing.

Vamos exemplificar, caso um cliente em potencial tenha instalado um cookie nesta técnica em seu computador, esta é a única situação em que é possível impedir que a comissão vá para o afiliado mal intencionado.

Pode ser o mesmo produto, contudo, somente outro link de afiliado é capaz de sobrepor o cookie stuffing.

A controvérsia do cookie stuffing

O problema de usar esta técnica consiste em dois fatores chave:

O primeiro deles é que o cliente não tem ciência de que está dando comissão para uma pessoa.

É um iframe oculto!

Alguém que não o auxiliou na venda e que provavelmente esse dinheiro irá para alguém que ele nem conhece.

O segundo é o fato de que o afiliado que buscou esse cliente e se esforçou pela sua comissão e prestação de serviço de qualidade é roubado pelo cookie stuffing.

E ainda, a única maneira de instalar um cookie stuffing no computador de um usuário é infectando o mesmo.

A infecção se dá por um vírus – e por ai já percebemos que não é certo lançar mão desta tecnologia.

Há ainda quem defenda o cookie stuffing como uma técnica para fazer negócios.

Porém, somente o fato da prática ser proibida no mercado e roubar cookies já explica muita coisa.

+ Veja tambémNão cometa estes 13 erros quando você começa no marketing digital

Os inventores do cookie stuffing

Certo dia dois afiliados americanos se depararam com o FBI na porta da residência luxuosa em que moravam para uma investigação de enriquecimento ilícito.

Os dois amigos trabalhavam para o site Ebay – site bastante conhecido com venda de diversos produtos.

Ambos inventaram o cookie stuffing, que foi criado com a intenção de funcionar como um vírus mesmo e em pouco tempo, parte das vendas concretizadas no Ebay eram comissionadas e iam diretamente para a conta dos afiliados mal intencionados.

Tal técnica surtiu o efeito desejado: em um curto período de tempo os amigos acumularam o equivalente a 120 milhões de reais.

Nesta brincadeira, o Ebay anunciou que perdeu o equivalente a 75 milhões de reais.

Para exemplificar, vamos supor que você seja um afiliado do Ebay e tenha feito um trabalho de divulgação.

Criou blogs, fez anúncios, vídeos, etc. – como um típico profissional afiliado.

Muitas pessoas clicam no seu link e gravam seus cookies, mas se o computador em questão estiver sido contaminado pelo vírus como aquele inventado pela dupla, aquelas comissões que iriam para você acabará indo para a dupla de falsários.

Seus cookies foram sobrepostos pelos deles, sendo assim, os afiliados mal intencionados estariam ganhando dinheiro as suas custas.

Concorda que roubar cookies também é crime?

Você divulga, eles ganham! É por esta razão que este tipo de fraude precisa ser combatida, punida e os fraudadores merecem ser presos.

Como se proteger do cookie stuffing – veja 10 dicas infalíveis

Mesmo sabendo que este tipo de fraude é passível de complicações judiciais, ainda são poucos os recursos e casos julgados que envolvem cookie stuffing em todo mundo.

No Brasil a situação é ainda mais complicada, já que não se sabe muito sobre a técnica.

Pensando em ajudar os afiliados e prevenir que esta fraude seja cada vez maior por aqui, fiz esse post.

Separei dez dicas infalíveis para prevenir que o seu trabalho acabe sendo revertido em comissões para terceiros. Confira a seguir:

  1. Use encurtadores de links

O trabalho nas redes sociais requer o compartilhamento de muitos links de blogs e sites.

Para que não sejam publicadas urls enormes nos canais, foram criados os encurtadores de url.

Dessa forma, os links ficam compactos, ocupam menos caracteres no seu post e você também consegue acompanhar o número de cliques e acessos dos usuários que clicarem na URL encurtada.

Assim os afiliados mal intencionados não conseguem acessos aos cookies que ficam expostos.

Eles também não conseguem sobrepor seu endereço com o cookie stuffing deles.

Os melhores encurtadores de link são:

  1. Use plataformas que tenham políticas rígidas de privacidade e conduta

Outra medida bem eficiente é se afiliar somente a plataformas que possuam políticas rígidas contra fraudes.

Elas também devem oferecer diferentes suportes aos usuários e também aos profissionais de marketing que realizam o trabalho de afiliados de maneira correta e transparente.

Um ótimo exemplo é a plataforma Hotmart que anunciou mudanças em suas políticas de conduta.

Atualmente ela adicionou punições e novas regulamentações para evitar golpes de cookie stuffing.

Para ajudar, separei as plataformas que oferecem as melhores políticas de proteção:

  1. Não faça uso de plataformas que pedem dinheiro

Fique longe de quaisquer redes de afiliados que peça para você pagar para se inscrever em programas milagrosos.

Este é um sinal imediato de um golpe de marketing de afiliados.

Nenhum programa de afiliado respeitável pede dinheiro para receber informações sobre o seu programa.

Nessas horas golpes como o cookie stuffing são os menores dos problemas que você pode acabar se envolvendo, fique atento.

  1. Estude atentamente a reputação da empresa antes de se tornar um afiliado

Estude sempre a reputação da empresa antes de se tornar um afiliado.

Confira se a instituição é registrada em órgãos regulamentadores e também vale a pena buscar no Google o nome dela.

Além disso, deve ser feita uma pesquisa aprofundada pelo nome do programa de afiliados.

O intuito é verificar o que as pessoas estão falando sobre o assunto.

  1. Evite ofertas muito boas e que prometem lucro em pouco tempo

Evite websites que têm programas que parecem bons demais para ser verdade.

Ganhar dinheiro leva tempo e empenho. Desconfie se um Website promete aos afiliados dinheiro rápido sem qualquer esforço.

Quem afirma que você pode se tornar um milionário do dia para a noite está mal intencionado.

Então tenha em mente que existem grandes chances da oferta se tratar de uma fraude.

  1. Duvide de sites que oferecem milhares de testemunhos de afiliados com tom de propaganda

Não confie em sites que possuem dezenas de testemunhos de como as pessoas estão ganhando (ou ganharam) dinheiro rápido com ideias geniais e explicam como foi fácil conquistar esse dinheiro.

Na maioria dos casos, existe uma grande história por trás desses depoimentos.

Normalmente essas pessoas são bem pagas para dar testemunhos falsos e fraudulentos ou sequer existem.

Uma boa alternativa caso você deseje ouvir a opinião de pessoas que já fizeram uso das plataformas…

Procure profissionais conhecidos que já adotaram essa estratégia e busque dicas e opiniões.

Este pode ser um caminho mais seguro. E de quebra você ainda pode evitar fraudes de cookie stuffing.

  1. Tenha paciência e saiba que o processo leva tempo

Compreenda que o trabalho de marketing de afiliados é uma ótima maneira de ganhar dinheiro.

Também oferece flexibilidade de trabalhar em casa com métodos online.

No entanto, todo este processo leva tempo e requer esforço para funcionar – como todo negócio; tenha em mente que você não se tornará rico do dia para noite.

  1. Seja um especialista nas técnicas e boas práticas do marketing de afiliados

Para ganhar dinheiro com marketing de afiliados aposte em conhecer as melhores práticas do mercado.

Aposte em uma boa lista para e-mail marketing, artigos e blogs.

Negócios que parecem muito fáceis provavelmente não trazem o retorno esperado e te fazem perder dinheiro.

Esses métodos levam tempo para aprender, tempo para aperfeiçoar e tempo para construir seu tráfego.

Realisticamente, mesmo que você coloque em prática um trabalho árduo, ainda vai levar meses até que você pegue prática e conhece a lucrar com o negócio.

  1. Tome cuidado com os produtos oferecidos

O profissional de marketing de afiliados, por promover diversos produtos, acaba associando seus nomes a diferentes marcas e produtos.

No entanto, vale ficar atento também em quais são os produtos que são comercializados e anunciados.

Produtos também podem ser fraudulentos e criminosos.

Não associe seu nome, que acaba se tornando sua marca, a produtos de fontes duvidosas.

Atenção aos programas de pirâmide disfarçados de programas de marketing de afiliados

Ultra Renda, Super Renda, Mega Renda, Big Renda, Renda Flex e etc.

Cada dia aparece um novo nome para tentar disfarçar o que na verdade não passa de um programa de pirâmide fraudulento, onde quem entra sustenta quem está no topo.

Na grande maioria das vezes essas fraudes incluem venda de kits feitos com conteúdos roubados de fontes disponíveis na Internet.

Produtos que não dizem nada além do óbvio e acabam levando a comissão de cliente e afiliados bem intencionados.

  1. Entenda o momento do mercado de marketing de afiliados

O cookie stuffing é um tipo de fraude ainda nova e o mercado de marketing de afiliados também é uma técnica recém-implementada pelo marketing.

Aos poucos, existirão mais legislações para proteger os profissionais.

E que venham assegurar maiores políticas de proteção das plataformas que trabalham com associação de marketing de afiliados.

Enquanto as ações protetivas ainda não surgem e avançam com efetividade, a melhor estratégia que os afiliados podem adotar é:

Pautar o trabalho em transparência e também procurar fontes seguras para garantir as comissões.

Muitos profissionais também possuem conhecimento em programação e acabam tentando sair do óbvio para sair na frente da concorrência.

Esta pode ser uma boa técnica, caso você não tenha os conhecimentos necessários.

Vale também voltar a estudar e aprender quais as áreas de conhecimento que podem agregar ao seu trabalho como afiliado.

Outra dica importante é conhecimento das leis e regulamentações do espaço cibernético no Brasil.

Isso não significa se tornar um advogado e sim entender quais são seus direitos e deveres.

Isso também facilita identificar as situações em que você pode ser vítima de golpes como o cookie stuffing.

Ebook Incrível Ensina:

+ 100 IDÉIAS Para Criar Um Infoproduto AGORA!

Ricardo Ratide

Empreendedor digital, criador de vários projetos online. Compartilhe! Sua opinião é importante para mim! Comente abaixo!

Website: https://blogparainiciantes.com/